CRCAC reúne-se com representante do Conselho Regional de Medicina do Acre para tratar do edital nº 01/2019 publicado pelo CRMAC

CRCAC reúne-se com representante do Conselho Regional de Medicina do Acre para tratar do edital nº 01/2019 publicado pelo CRMAC

A reunião debateu o pedido de retificação, feito pelo CRCAC ao CRMAC, a respeito do edital nº 01/2019, publicado pelo CRMAC, no dia 30 de janeiro

O Conselho Regional de Contabilidade do Acre (CRCAC) reuniu-se na quarta feira, (13), às 15h14min, em sua Sede própria, com o Advogado Mário Rosas, representante do Conselho Regional de Medicina do Acre (CRMAC) para tratar do pedido de retificação, feito pelo CRCAC ao CRMAC, a respeito do edital nº 01/2019, publicado pelo referido Conselho.

No dia 30 de janeiro, o CRMAC publicou o edital 01/2019, com o intuito de contratação para o cargo de Analista Administrativo. Contudo, entre as atribuições descritas para o cargo são citadas funções, que são ofícios do contador. O CRCAC solicitou, então, retificação do edital, para que as supracitadas prerrogativas fossem alteradas.

Na reunião estiveram presentes, o Presidente do CRCAC, Tiago Rosella Dell’agnolo, o Vice-presidente de Administração, Conselheiro José Maurício Prado e dois Conselheiros deste Regional, Contador Mateus Calegari, que é Vice-presidente do Desenvolvimento Profissional e membro da Câmara de Fiscalização, Ética e Disciplina, e o Técnico em Contabilidade e também membro da Câmara de Fiscalização, Ética e Disciplina, Cil Farney Rodrigues.

Segundo o Presidente do CRCAC, Tiago Rosella Dell’agnolo, o intuito da reunião foi apoiar a atividade da Câmera de Fiscalização, Ética e Disciplina e discutir o erro do referenciado edital. Opinião que foi partilhada pelo Conselheiro Cil Farney, “O principal objetivo da reunião, é orientar, e não, penalizar”, explicou.

O CRCAC sugeriu, então, a publicação de novo edital. Onde seriam excluídas, do cargo de Analista Administrativo, as atividades que são de inteira responsabilidade do profissional contábil, sem que houvesse alterações na data de realização do concurso, não gerando qualquer prejuízo ao CRMAC.

O advogado Mário Rosas esclareceu que não foi intenção do CRMAC ferir, nem desrespeitar o CRCAC, propondo, portanto, uma nova reunião entre ambos os Conselhos, contando também agora com a presença do Conselho Regional de Administração (CRA), para que a questão seja examinada e, por fim, solucionada.