Considerado um dos princípios da boa governança, o gerenciamento de riscos consiste em um conjunto de atividades cujo objetivo é identificar, avaliar, administrar e controlar potenciais eventos ou situações adversas e fornecer segurança razoável no processo de tomada de decisão, em todos os níveis do CRCAC, para o efetivo alcance de sua missão institucional.

A gestão de riscos busca identificar os riscos, avaliar as suas causas e consequências, bem como a adoção de respostas e tratamento dos riscos identificados, visando ao fortalecimento dos controles internos e apoio à melhoria contínua dos processos organizacionais.

Nesse sentido, o CRCAC aprovou a Resolução CRCAC nº 259/2019, de 23 de maio de 2019, que instituiu a Política de Gestão de Riscos do CRCAC, na qual se estabelecem os princípios, diretrizes e responsabilidades para a aplicação estruturada e sistemática da gestão de riscos, que contribua para o alcance dos objetivos dos programas, projetos e processos, integrados ao Planejamento Estratégico do CRCAC.

Com a finalidade de estabelecer a metodologia do processo de gestão de riscos no âmbito da entidade foi aprovada a Resolução CRCAC nº 267/2019, de 21 de novembro de 2019, que instituiu o Plano de Gestão de Riscos do CRCAC, documento que define um conjunto de atividades coordenadas para identificar, analisar, avaliar, tratar e monitorar riscos, bem como as responsabilidades envolvidas em cada etapa desse processo.